archive-title Luta Olímpica
Luta Olímpica

Luta Olímpica

COMO TUDO COMEÇOU

Uma das atividades competitivas mais antigas do mundo, a luta olímpica era muito popular entre os espectadores dos Jogos da Grécia Antiga. As competições se dividem em duas disciplinas: a luta greco-romana e a luta livre.

LUTA GRECO-ROMANA

Praticada desde a Antiguidade, é um combate corpo a corpo. Os lutadores usam apenas os braços e a parte superior do tronco para atacar os adversários. Estilo preferido em muitos países nórdicos, a luta greco-romana teve seus primeiros medalhistas vindos da Escandinávia.

SOBRE A COMPETIÇÃO

São dois rounds de três minutos, dentro de uma área circular com 9m de diâmetro. A meta é imobilizar o adversário com as costas no chão, golpe chamado pin. Se não for possível, será declarado vencedor quem tiver mais pontos acumulados – por meio de derrubadas do oponente, por exemplo.

LUTA LIVRE

Estreou nos Jogos Olímpicos em St. Louis 1904, mesclando estilos tradicionais de todo o mundo com regras que permitiam utilizar as pernas para segurar o oponente. As mulheres começaram a competir em Atenas 2004.

SOBRE A COMPETIÇÃO

A grande diferença em relação à luta greco-romana está no uso das pernas para derrubar ou deslocar o adversário. Cotovelada, golpes com o joelho, estrangulamento, dedo no olho e puxão de cabelo são proibidos. (Fonte: Rio2016)

Mostrando 1 de 1 itens

Contagem:
Ordenar por:
Ordem: