archive-title Hóquei sobre grama
Hóquei sobre grama

Hóquei sobre grama

COMO TUDO COMEÇOU

A essência do esporte – a condução de uma bola com bastões – remonta ao Egito Antigo, há quatro milênios, mas o formato de partida mais similar àquele que conhecemos hoje começou a ser desenvolvido em meados do século XVIII, quando o hóquei era praticado em escolas britânicas.

O esporte está nos Jogos Olímpicos desde Amsterdã 1928 e por 13 edições foi exclusividade dos homens. As mulheres começaram a competir em Moscou 1980. Segundo historiadores, o hóquei sobre grama chegou ao Brasil no fim do século XIX e, por muitos anos, foi jogado apenas por imigrantes. Alcançou um novo nível desde a construção dos dois primeiros campos artificiais oficiais para os Jogos Pan-americanos de 2007.

SOBRE A COMPETIÇÃO

Dois times, com 11 jogadores cada, em busca do gol adversário. À primeira vista parece com o futebol, mas as regras são bem diferentes. Para começar, os atletas controlam a bola com um taco, normalmente feito de fibra de carbono, que tem entre 350g e 700g e até 5cm de diâmetro.

Somente gols feitos dentro do semicírculo são válidos. Quando um jogo termina empatado, os times executam o tiro livre: a partir da linha dos 23m, o jogador tem oito segundos para avançar com a bola e tentar marcar o gol.

VOCÊ SABIA?

O hóquei sobre grama é o único esporte coletivo que já viu países de todos os continentes conquistarem medalhas.  Os destaques dos Jogos Olímpicos incluem: a regularidade da seleção masculina indiana (seis ouros consecutivos entre Amsterdã 1928 e Melbourne 1956), a surpreendente vitória da equipe feminina do Zimbábue em Moscou 1980 e a presença da equipe feminina da Argentina, mais conhecida como “Las Leonas”, no pódio das últimas quatro edições dos Jogos. (Fonte: Rio2016)

Mostrando 2 de 2 itens

Contagem:
Ordenar por:
Ordem: