post-title Conheça as Travessias clássicas do Brasil

Conheça as Travessias clássicas do Brasil

Conheça as Travessias clássicas do Brasil

Conheça as Travessias clássicas do Brasil

O inverno no nosso país é uma das melhores épocas para se praticar o montanhismo

A menor quantidade de chuva nesta estação nos permite fazer longas caminhadas e aquelas “travessias” que estavam só no papel

Por: Fernanda Lupo / Photoverde Produções | DINO/SP

Enfim, estamos na época em que todos os amantes do montanhismo esperam, o inverno.

Apesar de dar aquela preguiça para sair de casa, sabemos que é nesta estação que conseguimos fazer aquelas tão sonhadas “travessias”, tanto pelas poucas chuvas quanto pelo friozinho que nos permite não sofrer com o calor abafado.

É neste período do ano que conseguimos escalar, fazer caminhadas de vários dias, aproveitar uma fogueira, admirarmos um céu limpo e cheio de estrelas, e por aí vai.

Inspirada nesta estação, resolvi listar para você algumas das melhores travessias disponíveis em nosso quintal. Além disso, vou dar umas dicas do que podemos levar para fazermos um trekking tranquilo e inesquecível.

Antes de listar os lugares precisamos nos planejar, por isso, aqui vão algumas dicas do que não podemos esquecer:

1-Utilize sempre calçados confortáveis, que já estejam “amaciados” para evitar qualquer tipo de desconforto ou lesão;

2-Prefira os calçados com tecnologia Gore-Tex, que permitem que o suor evapore e que a água não entre, mantendo o seu pé o mais seco possível

3-De acordo com a travessia/trekking escolhido, calcule com a maior precisão possível a quantidade de comida necessária para os dias que for passar na montanha;

4-Nunca se esqueça de levar água, ela é quase sempre escassa no alto das montanhas. Pesquise com antecedência se existem pontos de coleta ao longo da travessia e tenha no seu kit algum tipo de esterilizador de água (Hidrosteril, etc.), pois nunca saberemos em que condições vamos encontrar o sagrado líquido na natureza;

5-Como estamos falando de inverno e quanto mais alto mais venta e mais frio fica, leve sempre um anorak corta-vento (os com tecnologias Windstopper ou Gore-Tex além de cortar o vento ainda deixam seu corpo respirar), e tente se vestir seguindo o “sistema de camadas”, definitivamente o método mais eficiente e versátil para se manter aquecido durante qualquer trekking no inverno;

6-Não esqueça também de um gorro, luvas e meias de lã, pois nossas extremidades são as partes mais sensíveis às mudanças de temperatura;

7-Como travessias geralmente levam mais de um dia, tente levar a menor quantidade de peso possível para não tornar um momento mágico em um pesadelo;

8-Obviamente, é de extrema importância e respeito com o próximo trazer todo lixo que produzimos durante o trekking;

9-Não esqueça de levar o seu aparelho preferido para registrar os melhores momentos (smartphone, câmera, etc.);

10-Por último, na época em que for fazer cada caminhada sempre cheque com antecedência as informações locais: possíveis tarifas, lugares para pernoite, rotas de acesso, condições da trilha, previsão do tempo, etc.

Agora, alguns destinos maravilhosos que separei para você se animar a preparar a sua mochila. Lembrando que esta lista é apenas uma sugestão pessoal e que não descrevo os detalhes de cada travessia.

viator

Amigos praticando trekking. Fotografia: Viator

  • Travessia Ruy Braga (Abrigo Rebouças até a Sede do Parque)
    Onde: Parque Nacional do Itatiaia – na divisa entre Rio de Janeiro e Minas Gerais
    Distância: aproximadamente 22 km – Duração: 2 dias
  • Travessia da Serra Fina
    Onde: entre o Parque Nacional do Itatiaia e o maciço Itaguaré-Marins
    Distância: aproximadamente 31 km – Duração: 4 dias
  • Trekking Cânion Malacara-Churriado-Fortaleza
    Onde: Parque Nacional de Aparados da Serra/Serra Geral – na divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina
    Distância: aproximadamente 23 km – Duração: 1 ou 2 dias
  • Travessia Lapinha-Tabuleiro
    Onde: Serra do Cipó – Minas Gerais
    Distância: aproximadamente 27 km – Duração: 3 dias
  • Trekking Pico do Paraná
    Onde : conjunto de serra chamado Ibitiraquire – Paraná
    Distância : aproximadamente 15 km – Duração : 2 dias
  • Travessia Petrópolis – Teresópolis
    Onde: Parque Nacional da Serra dos Órgãos – Rio de Janeiro
    Distância: aproximadamente 24 km – Duração: 3 dias
  • Travessia Marins-Itaguaré
    Onde : Serra da Mantiqueira – divisa de Minas Gerais com São Paulo
    Distância : aproximadamente 19 km – Duração : 3 dias
  • Trekking no Monte Roraima
    Onde : na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana Inglesa – Roraima.
    Distância : 86 km – Duração : 8 dias

Agora é só escolher o destino que você tem mais vontade de conhecer, montar sua mochila e pé na estrada!

MAIS SOBRE TREKKING

Quer mais Inspiração? Conheça este Trekking na Serra do Cipó